Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

31
Jan22

Alimentos de A a Z... Limão


Na sequência da rubrica "Alimentos de A a Z", hoje, apresento-vos o limão.

Alimentos de A a Z_limão.gif

 

O limão, cientificamente conhecido como Citrus limon, é o fruto do limoeiro - uma árvore da família das rutáceas. É um fruto caracterizado pela sua forma oval. A sua cor pode ir de verde-escuro a amarelo e a textura da sua casca externa, pode ser lisa ou enrugada. Como outras frutas cítricas, a parte interna do limão é constituída por oito a dez segmentos.

Podemos dizer que existem cerca de 70 variedades de limão sendo as mais conhecidas o limão-galego, limão-sicíliano, limão-cravo e o limão-tahiti. A maioria dos limões são azedos, ácidos e adstringentes mas são surpreendentemente refrescantes. O limão está disponível todo o ano, apesar de em maior quantidade a partir de maio até agosto.

Fruto originário da região sudeste da Ásia, desconhecido para os antigos gregos e romanos, a primeira referência data do século III ou IV. Foram os conquistadores árabes que o trouxeram da Pérsia para a Europa.

Como muitas outras frutas e vegetais, os limões foram levados para a América por Cristóvão Colombo, durante a sua segunda viagem ao Novo Mundo em 1493. Há relatos de limoeiros cultivados em Génova, em meados do século XV, bem como referências à sua existência nos Açores, em 1494.

Séculos mais tarde, em 1742, os limões foram utilizados pela marinha britânica para combater o escorbuto (patologia caracterizada pela deficiência de ). Durante a Idade Média, o limão era raro e caro, acessível apenas a pessoas muito ricas.

Actualmente é uma das frutas mais conhecidas e utilizadas no mundo. Hoje os principais produtores de limão são os Estados Unidos, Itália, Espanha, Grécia, Israel e Turquia.

 

Informação Nutricional

O limão é uma excelente fonte de , além se caracterizar pelo seu baixo  e pela presença de flavonóides.

 

Benefícios associados ao consumo

O limão é um fruto rico em  que, por ser um antioxidante, ajuda o sistema imunitário a proteger o organismo contra infecções e outros danos. Além disso, a  participa na produção do colagénio, uma  que faz parte de várias estruturas do nosso organismo, como a pele, tecido conjuntivo, cartilagem e tendões.

O limão possui, uma substância própria denominada limoneno rico em flavonóides, tornando-se assim um fruto interessante para a saúde cardiovascular, devido ao efeito antioxidante deste nutriente (os  combatem os  - moléculas associadas ao envelhecimento precoce).

A casca do limão contém quantidades consideráveis de oxalatos, um anti-nutriente que pode interferir com a absorção de  proveniente da dieta.

 

Como comprar e conservar

Escolha limões de casca macia e brilhante. Os maduros e com maior quantidade de sumo normalmente cedem à pressão dos dedos ao toque. O limão deve apresentar cor amarela, aqueles que têm reflexos verdes serão mais ácidos, devido ao facto de não estarem totalmente amadurecidos. 

O limão permanece fresco quando mantido à temperatura ambiente, longe da exposição solar, por cerca de uma semana. Quando armazenado no frigorífico, fechado num saco plástico, este manter-se-á durante cerca de quatro semanas.

Os sinais que demonstram que o limão já está deteriorado são as rugas, a consistência mole, as manchas e a coloração monótona. O sumo e as raspas do limão podem ser armazenados em local fresco e seco num recipiente de vidro hermeticamente fechado para uso posterior, no entanto, o ideal é consumir o sumo e as raspas imediatamente após espremer/cortar o limão.

O sumo de limão deverá ser colocado em recipientes próprios para gelo no congelador e depois de estar congelado, os cubos de sumo deverão ser colocados em sacos de plástico e mantidos no congelador até serem consumidos.

24
Jan22

Alimentos de A a Z... Lima


Na sequência da rubrica "Alimentos de A a Z", hoje, apresento-vos a lima.

Alimentos de A a Z_lima.gif

A lima não é um limão que não amadureceu, são frutos diferentes. Tão diferentes como a laranja da tangerina. São tudo citrinos, mas quando se fala de limão ou de lima, fala-se de frutos que têm praticamente o mesmo destino em culinária. Sendo verdadeiros frutos, são mais usados como tempero, como condimento, do que como fruto no sentido em que usamos a palavra. São filhos de árvores diferentes, ambas da família das rutáceas. O limoeiro dá o limão e a limeira a lima. Uma gota fresca e acidulada de qualquer dos dois é quanto basta para "iluminar" o mais insípido cozinhado, doce ou salgado.

A lima, que floresce durante todo o ano, terá vindo da Índia. As suas sementes terão daí viajado até à América, segundo uns para o Brasil, na bagagem dos portugueses, para outros para o Haiti com Colombo. A lima foi, para nós, até há relativamente pouco tempo, um fruto exótico, conhecido apenas por ser usado na caipirinha brasileira.

A lima nasce e conserva ao longo da vida a sua bonita cor verde-esmeralda. Menor do que o limão, a lima é mais sumarenta e de sabor mais forte. Tem a casca mais fina e lisa e não apresenta sementes. 

As limas podem ser de variedades ácidas (mais utilizadas)“Mexicana”, “Everglade”, “Palmello”, “Bearss”, “Pond”, “Tahiti” (as três últimas variedades são frutos maiores, sem sementes e mais resistentes ao frio), “Sutil”, “Galego” – ou variedades doces – “Mediterrâneo”, “Índia”, “de Tunes”, “Persian”, “Lima de Umbigo”, “Palestina”, “Kusaie”, “Dourada”, “Sweet”, “Otaheite”, etc.

A lima é um fruto com sabor agridoce, rica em ácido cítrico, vitaminas A, B9, C e E, potássio, fibras e grande quantidade de água. Tem grandes quantidades de bioflavonóides, sendo o citrino mais ácido de todos, o que a torna ideal para:

  • Normalizar o excesso de ácido clorídrico no estômago e evita a formação de úlceras
  • Fortalecer o sistema imunológico para evitar constipações
  • Ajudar à formação de colagénio, ossos, dentes e glóbulos vermelhos
  • Facilitar a absorção do ferro presente nos alimentos
  • Regular o açúcar no sangue
  • Melhorar o metabolismo
  • Rejuvenescer a pele e hidratá-la

 

É muito utilizada para aromatizar sopas, saladas, molhos, carnes e mariscos e também na preparação de doces, massa para tartes e chás.

 

Da lima pode, também, extrair-se um óleo que pode ser utilizado como:

  • Aromatizante de alimentos
  • Fragância em produtos de limpeza, detergentes e sabões
  • Repelente para insectos
  • Tratamento para acne e caspa

 

Sugestões de utilização:

Arroz de berbigão com lima

Bolo lima e iogurte

Caipirinha

Caipirinha de café

Caipirinha de melancia

Caipirinha de vinho do Porto

Camarão com molho de lima e malagueta

Gelado de Caipirinha

Mexilhões com creme de lima

Mousse de lima

Pernas de pato assadas com lima e limão

Quadrados de gelado de lima

Queijadas de lima

Salada de camarão e lima

Sopa de lima tradicional

Tarte de lima

Tarteletes de lima (vegan)

 

https://revistajardins.pt/lima-saiba-como-cultivar/

https://www.dn.pt/arquivo/2007/dois-frutos-com-um-destino-em-comum-654456.html

https://www.gob.mx/agricultura/articulos/los-usos-y-beneficios-de-la-lima

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub