Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

13
Nov20

A Liberdade de... Loulou


Quando a MJP me desafiou para escrever sobre liberdade… esquece.

É tão cliché começar assim por lhe escrever. Vá lá… já que te sentes tão honrada com o convite, pensa em qualquer coisa que faça jus e escreve, talvez…

Ai… Zé, Zé!...

No que te foste meter. Então lembraste-te daqui da je para escrever sobre liberdade. Em tempos de pandemia????

Que engraçada esta moça. Tem piada ela!

Logo agora que temos a nossa Liberdade…. confinada. 

Tal como tu, nasci não conhecendo outra realidade do que a de ser livre, independente, responsável pelas minhas ações e a saber que a minha liberdade acaba quando começa a do outro. Viver numa ditadura ou em plena guerra, só as memórias vividas e partilhadas por quem por elas passou. 

Porque falo disto?

Pois… estávamos no início deste ano e todos tão esperançados e convencidos que aqui não chegava. Mas chegou, um novo ditador. Silencioso, invisível e de seu nome covid-19. Que com falinhas mansas nos vende uma falsa fé. Uma falsa ideia de liberdade que nos pode levar, em última instância… à morte ou a privar-nos de um último adeus de quem mais estimamos. 

Até há cerca de oito meses atrás, desconhecíamos o que era viver, ver e ter a nossa liberdade restringida. A ter de mandar às urtigas velhos hábitos e criar novas rotinas. 

A ter de cada vez que saio à rua colocar uma máscara e andar com gel desinfetante atrás e a de olhar para o outro e vê-lo como… um inimigo?

Logo agora que o que mais me apetece é sair porta fora e pôr-me a abraçar todos os que me aparecem à frente. Se antes não o fazia, agora minha querida, até se me dão ganas para o fazer.

Mas se quiseres um abracinho, mando-te um virtual e não digas que não vais daqui! 

A enfrentar um confinamento resultado do Estado de Emergência…. ao qual voltámos...  e do qual não sabemos quando iremos sair.

Ai que saudades de levar, ou até de dar, um valente encontrão num desconhecido nas ruas mais movimentadas e em hora de ponta. E de entrar num transporte público apinhadinho de gente sem… lá está… ficar cheia de macaquinhos na cabeça? E tantos outros exemplos.

Almocinhos, jantaradas com os amigos ou a família, bailaricos, concertos, festas de casamento, batizados… quem não tem vontade e saudades dum bom convívio partilhado entre 4 paredes? 

Não…. Não Zé.

Queres dançar? Ouve Jerusalema e é cada um no seu quadrado. Ups… nunca a canção do Iran Costa fez tanto sentido. 

Custa-me ver heroicos médicos, enfermeiros e auxiliares a se entregarem de corpo e alma, a tudo fazerem para evitar o aumento do número de vítimas mortais, enquanto, uma franja da nossa sociedade, gritantemente se ausência de uma cidadania responsável e a cederem à “tentação…” e assim me privarem, em certa parte, de ter de volta a minha liberdade. Pois pelos erros, vá lá, descuido de uns pagam os outros. Oooooh se a fatura pode ser elevada.

Serei egoísta por querer a minha liberdade de volta?

Ai… se nada volta a ser como antes e a ideia que tenho de liberdade for afinal a de um vício. Sinto-me como se estivesse num processo de desintoxicação, do qual não sei se sairei melhor, renovada e pronta para um novo recomeço. 

Não quero viver de recordações. 

Raios pá…

Covid-19 bem me tenta Zé, mas não posso.

Senão já sabemos o preço a pagar…

Contudo, tenho esperança e em breve isto não passará de um pesadelo.

Viva a LIBERDADE!

 

imagem.jpg

 

Texto da autoria de: Loulou

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    MJP 14.11.2020

    Bom fim-de-semana, Sandra!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Arquivo

      1. 2021
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub