Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

18
Out21

Alimentos de A a Z... Feijão


Na sequência da rubrica "Alimentos de A a Z", hoje, apresento-vos o feijão.

 

Alimentos de A a Z_feijão.gif

 

O feijão (designação comum, extensiva às sementes comestíveis de diferentes plantas da família das Leguminosas, sobretudo do género Phaseolus) apresenta inúmeras vantagens do ponto vista nutricional e ambiental. À semelhança de outras leguminosas, o feijão, desempenha um papel fundamental no controlo do apetite, devido à sua composição rica em proteína, fibra e hidratos de carbono de absorção lenta.

Ao contrário do que muitos pensam, o feijão apresenta um baixo valor energético (cerca de 100 kcal por 100g) e uma baixa percentagem de gordura, contendo pequenas quantidades de ácidos gordos do “tipo ómega-3″. É uma excelente fonte de vitaminas, minerais e antioxidantes, nomeadamente, de ácido fólico, vitaminas do complexo B, ferro, zinco, cálcio, flavonóides, ácido fítico e compostos fenólicos.

É importante referir que para que as proteínas presentes sejam devidamente aproveitadas pelo organismo devem ser combinadas com cereais, como o arroz, por exemplo.

Existe uma enorme variedade de feijão (manteiga, encarnado, frade, branco, preto, catarino), que permite a preparação de diversos pratos que podem ser incluídos na nossa alimentação. Seja na sopa, em saladas, como acompanhamento, em feijoadas e até mesmo em sobremesas; 

 

Benefícios associados ao consumo

 Possui um efeito protector para as doenças cardiovasculares e para certos tipos de cancro. A presença de fitoquimícos com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes no feijão pode ser particularmente relevante na protecção das células;

 O consumo regular de feijão ajuda ao bom funcionamento intestinal e também a melhorar os níveis de  no sangue. Os  do feijão são predominantemente complexos, logo de absorção lenta pelo organismo. É por isso que o feijão ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue (reduzindo o indíce glicémico das refeições onde está presente), conferindo um efeito protector face a doenças como a diabetes.

 O cultivo e a produção  de feijão é importante para a protecção do ambiente. O feijão, à semelhança de outras leguminosas, possui a capacidade de produzir naturalmente azoto, não sendo necessário a utilização de fertilizantes azotados que requerem maiores gastos e poluição para a sua produção. 


Bom para as mulheres: o  — mineral no qual o feijão é muito rico, sobretudo o encarnado – é importante no transporte de oxigénio no organismo, na produção de energia e no sistema imunitário. É particularmente importante nas mulheres que têm um maior risco de deficiência neste mineral

 

Advertência associada ao consumo

Quem tem dificuldades de digestão das leguminosas deve evitar o consumo do grão inteiro e preferir o feijão em puré.

  

https://content.paodeacucar.com/prazer-de-comer-e-beber/tipos-de-feijao

https://saboreiaavida.nestle.pt/bem-estar/feijao

https://www.receitasnestle.com.br/dica/2019/04/10/como-fazer-feijao

https://alimentacaosaudavel.dgs.pt/alimento/feijao/

https://www.publico.pt/2017/09/07/ciencia/noticia/de-onde-veio-ao-certo-o-feijao-portugues-1784739

https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/feij%C3%A3o

https://nutrimento.pt/dicas/vantagens-nutricionais-do-feijao/

https://www.infoescola.com/plantas/feijao/

 

20 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub