Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

27
Out20

MAR...


Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.

E se vou dizendo aos astros o meu mal
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro, profano e sujo,
É só porque as tuas ondas são puras.
 
Sophia de Mello Breyner Andresen
 
 

MAR.JPGPraia dos três irmãos

 

17
Fev20

O (meu) Mar...


O MAR produz, em mim, um efeito que não consigo explicar... emociona-me a cada encontro... e já foram milhares, os nossos encontros, ao longo das minhas quatro décadas de existência... mas é, sempre, como se fosse a primeira vez, o primeiro encontro, uma sensação que me transcende... algo Mágico acontece... sinto-me, sempre, acolhida e reconfortada (por ele), de alma lavada e energia renovada... sinto que pertencemos um ao outro... uma atracção que não se explica, apenas se sente... desfruta-se...

 

recomeçar....jpg

Praia de Alvor

 

05
Fev20

Tarde "primaveril"...


04.02.2020_15h: saí de casa com vista a uma caminhada até à praia... umas dezenas de metros depois, dei conta que me esqueci da máquina fotográfica (falha grave), voltei a casa... já com a máquina fotográfica, na mochila, retomei o caminho...

A meio do percurso, os meus olhos fixaram-se numa linda flor de cor viva na beira da estrada, onde um laborioso abelhão se abastecia de precioso néctar indiferente à minha presença... não resisti e captei algumas imagens...

 

abelhão.JPG

 

Mais adiante, foram estas belas flores de amendoeira que prenderam a minha atenção...

 

amendoeirra.JPG

 

15:30h, cheguei à praia. Estava calor (o telemóvel marcava 24ºC)... o Sol aquecia bastante (demasiado quente para o meu gosto e não trouxera chapéu)... bebi um pouco de água, descalcei os ténis e as meias e fui molhar os pés... a água estava fresquinha... mas soube-me (tão) bem (e já conheci dias de verão com água mais fria e menos calor). Vi algumas pessoas a tomar banho e senti vontade de fazer o mesmo (mas não estava vestida de forma apropriada)...

 

Mar_F.JPG

 

Sentei-me na areia, a escassos metros da água, e observei a areia e a espuma, num bailado desnudado, indiferentes às pessoas que passeavam à beira-mar...

 

a_e.JPG

 

E... de repente, apeteceu-me ser Mar e areia e espuma, assim, indiferente ao tempo e a quem, por ali, passava...