Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

06
Out20

Palavras...


Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.
 
Alexandre O'Neill
 

p_d_s.jpeg

Praia de Alvor

 

02
Ago19

Sobre o Poder das Palavras...


As palavras são Mágicas... encantam-me... fascinam-me...

Gosto de as escrever, de as ler, de as pronunciar, de as ouvir...

Têm o poder de ferir... mas, também, de curar...

Prestam-se a muitos cenários, a múltiplas interpretações... podem ser reinventadas e recriadas... conjugadas ou isoladas... provocam sensações... despertam emoções... agitam corações... movem multidões... agregam (ou separam) gerações...

Preenchem o "vazio", do silêncio, que muitos "temem"...

Dão corpo a discursos inflamados...

Dão vida a infindáveis páginas de livros...

Às vezes, escapam soltas, desprovidas de sentido, sem controlo, sem reflexão, no auge de uma discussão... outras vezes, deambulam ao sabor da paixão, geram risos e sorrisos, derrubam muros de indiferença, criam pontes de afecto, enraizam sentimentos...

As palavras são Maravilhosas e muito Poderosas... devem, por isso, ser usadas com bom-senso e sabedoria...