Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Liberdade aos 42

Liberdade aos 42

26
Nov20

Tempo...


Se corre devagar o tempo, e o tempo
não corre, em que relógio contarei
os segundos que se demoram quando as
horas se precipitam, ou o amanhã

que nunca mais chega neste hoje
que já passou? Mas o tempo só o é
quando o perdemos; e ao ver que
é tarde, não se volta atrás, nem

as voltas que o tempo dá o voltam
a fazer andar. Por isso é que o tempo
nos dá tempo para o ter, se ainda

houver tempo; e se tivermos de o perder,
nenhum tempo contará o tempo que se
gastou para saber o que se perdeu, ou ganhou.

Nuno Júdice

 

concha.jpgMarcas do tempo...

 

28
Out20

Eu...


Gosto de pensar que sou...

MAR, areia e espuma...

Água salgada que tempera as lágrimas...

Maré que ondula ao sabor do vento...

Estrela que ilumina o firmamento...

Raio de Sol que doura a manhã...

Sorriso franco em rosto sereno...

De palavra solta e ouvido atento...

Luar de Agosto...

Tarde de Outono...

Filha do vento...

Feita de Sonhos e Liberdade...

Construtora de pontes...

(a fitar novos horizontes...)

Lareira acesa em noite de Inverno...

Abraço que enlaça e tolhe a saudade...

Rima inexistente em poema alheio...

Beijo demorado em rosto desejado...

Olhar ternurento que busca um alento...

Saudade latente em corpo dormente...

Coração que pulsa ao sabor da corrente...

Mão estendida, que acolhe e entrelaça a Vida... 

MJP_Outubro_2020

 

arq_M2020.JPGPraia dos três irmãos